Sexta-Feira, 07 de Setembro de 2018, 13h:45

Tamanho do texto A - A+

Reforma da Casa de Bem Bem está abandonada

Por: JULIANA ALVES - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

Tomada por escombros, a Casa de Bem Bem ainda não teve suas obras retomadas, após o desabamento causado pela chuva, em dezembro de 2017. Procurada, a Prefeitura informou que a revitalização deve ser iniciada, novamente, na segunda quinzena deste mês.

 

Localizada na Rua Barão de Melgaço, no Centro Histórico da Capital que está prestes a completar seus 300 anos, o Casarão do Nhô-Nhô de Manduca – Dona Codó – Dona Bem-Bem, foi construída em 1850, em estilo colonial. A casa faz parte do patrimônio histórico de Cuiabá desde 1998. O local é marco como de ponto de encontro da cuiabania nas festas de São Benedito.

Alan Cosme/HiperNoticias

casa de bem-bem

 

 

A Casa de Bem Bem teve as obras de reforma iniciadas. Foi destelhada, porém as fortes chuvas de dezembro passado comprometeram os trabalhos. A casa, com grande valor para o Centro Histórico de Cuiabá, desabou. A Justiça Federal determinou a intervenção imediata do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da empresa X Nova Fronteira, responsável pela revitalização, para que o edifício tombado seja recuperado

 

A reportagem do Hipernotícias foi até o casarão e encontrou o cenário de abandono. Não havia ninguém trabalhando, nem qualquer sinal de cuidado com o patrimônio. Apenas terra e entulho compõem o espaço em torno do imóvel.

 

Procurado, o Iphan explicou que a restauração do casarão é uma das ações que conta com recursos do Instituto, por meio dos programas PAC Cidades Históricas é Agora, é Avançar, com contratação e execução sob responsábilidade da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

 

Em nota, o Iphan explicou que as obras foram iniciadas em maio de 2017 e incluem a recuperação do imóvel e a ampliação para implantação da Escola de Música – Projeto Ciranda.

 

Informou que, no último dia 30 de agosto, encaminhou ao Ministério Público Estadual (MPE) um documento técnico com os procedimentos e diretrizes para a continuidade da obra e que foi autorizado nessa semana o início dos trabalhos arqueológicos no local.

 

Procurado, o secretario de Cultura Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, disse que foram tomadas as devidas previdências de cobrança da empresa responsável pela obra, para que fosse feita uma ação emergencial. Apontou que foi feita a cobertura do imóvel para evitar danos maiores.

 

O chefe da Pasta disse que a retomada das obras dependia de um laudo do Iphan, que apurou os danos causados e apresentou para o Ministério Público Estadual (MPE) e a empresa responsável.

 

Vuolo explicou que a casa havia sido cedida à Secretaria de Cultura do Governo do Estado, para sediar atividades culturais, destinado ao Instituto Ciranda. Concluiu que a expectativa de retomada das obras é para a segunda quinzena deste mês.

 

 

Confira a nota do Iphan:

A restauração do Casarão de Bem Bem é uma das ações que conta com recursos do Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan), por meio dos programas PAC Cidades Históricas e Agora, é Avançar, com contratação e execução da Prefeitura Municipal de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo. As obras foram iniciadas em maio de 2017 e incluem a recuperação do imóvel e sua ampliação, para implantação da Escola de Música – Projeto Ciranda.

 

O Iphan encaminhou ao Ministério Público Estadual, em 30 de agosto último, um documento técnico com os procedimentos e diretrizes para a continuidade da obra e, além disso, também foi autorizado nessa semana o início dos trabalhos arqueológicos no local e o Iphan segue dando os acompanhamentos necessários ao processo. Desse modo, é importante frisar que o imóvel não está abandonado e que o Município deverá retomar, imediatamente, as intervenções por meio da empresa contratada pela referida Secretaria.

 

Leia também

Abandono, decadência e casarões em ruínas retratam o Centro Histórico de Cuiabá

Constantes chuvas derrubam casarão histórico que passava por revitalização

Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas