Quarta-Feira, 07 de Outubro de 2015, 09h:47

Tamanho do texto A - A+

Ex-sócio é o principal suspeito de mandar sequestrar e matar empresário

Por: MAX AGUIAR

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) tem Nilton Cesar da Silva como o principal suspeito de encomendar o sequestro de Douglas Wilson Ramos, 28 anos. De acordo com o delegado Flávio Stringueta, Nilton seria ex-sócio de Douglas em uma empresa de cimentos e achou que ele estaria roubando a sua clientela.

 

Leia também:

 

O delegado desconfia que o roubo na loja Tarumã Cimentos seria apenas uma desculpa para os três criminosos sequestrarem Douglas, levá-lo até a porta de uma fazenda e matá-lo.

 

Divulgação

suspeito de matar empresário

O corpo do empresário só foi descoberto ontem por trabalhadores da Fazenda Bom Futuro, na saída de Cuiabá para o Distrito da Guia. O corpo estava em avançado estado de decomposição, com as mãos e pés amarrados numa cerca. 

 

“Desde o início das investigações nós temos a informação de que o Nilton seria o principal suspeito de mandar matar o Douglas. Ele já esteve preso por tráfico de drogas e era sócio da vítima. Enquanto Nilton estava preso, o Douglas resolveu montar a própria empresa de cimentos. Com isso, o criminoso pensou que o empresário estaria ‘passando a perna’ nele”, avaliou o delegado.

 

Junto com Douglas, também foi levado seu veículo, uma BMW X1, que, segundo Stringuetta, está em uma cidade do interior do Estado. Nilton está com mandado de prisão temporária em aberto e é considerado foragido da Justiça.

 

“Ele chegou a ser intimado duas vezes para comparecer à delegacia para prestar depoimento, mas se esquivou. Quem tiver alguma informação a respeito do criminoso, denuncie através dos números 197 ou 190. A identidade será mantida em sigilo”, garantiu o delegado.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas