Sábado, 01 de Setembro de 2018, 13h:00

Tamanho do texto A - A+

Bustour não funciona há mais de um mês

Por: JULIANA ALVES - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

Inspirado nos ônibus de turismo de cidades como Londres, o “Bustour” de Cuiabá, lançado em abril deste ano, não está funcionando. A Prefeitura informou que o veículo está em manutenção, mas isso já acontece há mais de um mês. 

 

A chegada do Bustour foi anunciada para sinalizar uma nova era do turismo da Capital prestes a completar seus 300 anos. O ônibus foi lançado para realizar passeios diários pela cidade, mostrando aos turistas 33 pontos históricos. De acordo com projeto o tour teve inicio dia 28 de abril deste ano.

Reprodução

bustour

 O ônibus de turismo da Capital

 

O Bustour pertence a uma empresa privada e não tem respondido ao objetivo para o qual foi criado, que é percorrer os pontos turísticos da cidade. Além da falta de informações para o público que busca o serviço.

 

A reportagem tenta marcar um passeio no ônibus de turismo há mais de um mês, mas sem sucesso. Procurada, a assessoria da Prefeitura informou em 25 de julho que os passeios e seus itinerários dependem apenas do dono do veículo, pois a prefeitura não tem um roteiro fechado e o ônibus é particular.

 

“As empresas de ônibus querem explorar o turismo na Capital. É só vir até a prefeitura e credenciar”, informou a assessoria, explicando o decreto municipal n° 6591, de março de 2018. Nele o prefeito Emanuel Pinheiro tratou de credenciamento das empresas interessadas na exploração do segmento.

 

Isso significa que as empresas credenciadas podem prestar serviços dentro da Capital, sem gerar nenhum tipo de despesas para o município.

 

A empresa proprietária do veículo que presta o serviço é a Belga Transporte e Turismo Eirelli, de propriedade de Francisco de Assis Silva. Procurado, o dono do veículo não respondeu as mensagens para marcar o passeio.

 

Em 2 de agosto, a prefeitura informou que “o Bustour está parado. Ele está passando por manutenção mecânica, pois está faltando uma peça do câmbio, mas o Francisco (dono do veículo) está em Goiânia comprando a peça e em breve ele estará funcionando”, diz trecho do comunicado.

.

No dia 13 de agosto, em contato telefônico, Francisco reiterou que o ônibus está em manutenção e que ele estava em viagem, mas iria retornar a ligação para marcar um passeio turístico. O que não aconteceu. 

 

Na última semana, a prefeitura foi procurada novamente e informou que ônibus permanece em manutenção e preferiram comentar detalhes sobre os passeios apenas quando ele retornar a funcionar. Sem uma data precisa, acreditam que o veículo pode voltar a circular no início de setembro.

 

Exploração do turismo

 

Quando voltar a funcionar, o passeio deverá custar até R$ 25 por pessoa e percorrerá pontos turísticos e históricos da Capital. De acordo com a prefeitura o passeio oportuniza paradas estratégicas para descida e visitação em alguns lugares, além de oferecer uma visão privilegiada aos passageiros e os melhores registro fotográficos.

 

O veículo é equipado com sistema de áudio e localização por GPS, permitindo que todos possam ouvir durante o trajeto uma gravação com informações detalhadas sobre estes pontos turísticos, em três idiomas. (Português/Inglês/Espanhol).

 

Estudantes pagam meia, assim como idosos e crianças. Na época do lançamento do projeto, o prefeito Emanuel Pinheiro disse que o Bustour fomentaria realizações, acontecimentos e ações que podem consolidar o turismo de Cuiabá. Potencializando os atrativos naturais e históricos, mostrando a evolução de três séculos.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei