Terça-Feira, 09 de Julho de 2019, 17h:50

Tamanho do texto A - A+

Mato-grossense fica perdida durante 11 dias na mata e sobrevive comendo bambu

Por: NATHANY GOMES

Alan Cosme/HiperNoticias

corpo de bombeiros


Uma mulher identificada como Cleidiane Ruive, de 37 anos, natural da cidade de Guarantã do Norte (715 km de Cuiabá), foi encontrada com vida, após ficar 11 dias perdida em uma mata fechada. O casal morava em uma fazenda na cidade de Cachoeira da Serra (PA).

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, a mulher se perdeu, após entrar na mata em busca do seu marido, identificado como Adelar Cordeiro dos Santos, de 45 anos, que morreu após ser atingido pelo tronco de uma árvore. 

A corporação realizou buscas durante sete dias na tentativa de localizar a vítima, que graças a uma fogueira feita pelos bombeiros, seguiu as pistas e conseguiu chegar até a sua residência.

Durante esse período, Cleidiane se alimentou de palmito, retirado de bambu e como a região possui vários córregos, conseguiu se manter hidratada. 

A vítima foi encaminhada para uma unidade de saúde de Guarantã do Norte para receber atendimento médico, e o marido foi sepultado no último domingo (07). 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto