Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019, 16h:59

Tamanho do texto A - A+

Deu na Única

Moreira Mariz/Agência Senado

Senadora Selma Arruda


Um grupo formado por uma socióloga e duas publicitárias de São Paulo - que podem ter ligações com um candidato derrotado ao Senado em Mato Grosso ano passado -, ingressou com petição ao presidente do Senado pugnando a não nomeação da senadora Selma Arruda no Conselho de Ética da Casa, sob a alegação de que a senadora foi condenada em primeira instância pela 
prática de Caixa 2 e abuso de poder econômico, o que seria incompatível com a investidura no Conselho. As informações, com direito a cópia do pedido, foram publicadas pelo site Única News.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei