Sexta-Feira, 17 de Fevereiro de 2017, 08h:10

Tamanho do texto A - A+

Corte da verba

 

As contas de campanha do diretório regional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), relativas às eleições de 2014, foram desaprovadas pelo TRE-MT. As irregularidades dizem respeito a não descrição de despesas realizadas e  doações a candidatos, além da falta de extratos bancários. Com a reprovação das contas, o PDT não receberá repasse de novas cotas do fundo partidário, pelo período de seis meses.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas