Terça-Feira, 25 de Julho de 2017, 07h:53

Tamanho do texto A - A+

Fazendeiro exaltado com corte de energia mata a tiros funcionário da Energisa

Por: LUIS VINICIUS

O funcionário da Energisa, Gilmar Francisco de Oliveira, de 30 anos, foi assassinado a tiros no momento em que reestabelecia a energia elétrica de um cliente, na tarde de segunda-feira (24), na cidade de Paranaíta (830 km de Cuiabá).

 

gilmar.jpg

 

O fato aconteceu por volta das 17 horas. De acordo com informações da Polícia Militar, houve o corte de luz de um cliente no período da manhã.

 

Em seguida, o cliente realizou o pagamento da conta e pediu religamento por meio do call center da empresa. Exaltado, ele solicitava que a religação fosse feita com urgência.

 

O funcionário da empresa foi até o local para religar a energia e ao iniciar o trabalho, o eletricista foi surpreendido por um agricultor, que com uma espingarda atirou duas vezes.

 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram ao endereçol, mas já encontraram Gilmar morto.

 

Logo após o crime, policiais militares iniciaram buscas para encontrar o suspeito, mas até a publicação desta reportagem, o autor do crime não havia sido localizado. Testemunhas relataram aos investigadores que o suspeito estava embriagado no momento do homicídio.

 

O corpo do funcionário foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para procedimentos fúnebres.

 

O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

A concessionária Energisa lamentou a morte do funcionário e afirmou estar prestando todo o apoio a sua família.

 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +5 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto