Terça-Feira, 02 de Outubro de 2018, 09h:24

Tamanho do texto A - A+

Câmeras de segurança registram ataque a juiz de MT

Por: WILLIAN BELTER

Imagens do circuito interno de segurança do Fórum de Vila Rica (1.320 km de Cuiabá) mostram o momento em que o juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva foi atacado e baleado por Domingos Barros de Sá na tarde da última segunda-feira (01). O magistrado já teve alta e deve voltar ao trabalho na quinta-feira (2).

 

Divulgação

juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva

 

De acordo com as imagens, o acusado invadiu o gabinete do magistrado e em seguida um rapaz com camiseta verde sai correndo da sala e volta com um policial, outra agente, que estava na porta do gabinete, percebeu a movimentação e imediatamente sacou a arma. Havia várias pessoas na porta e ela não conseguiu deter o criminoso.

 

No momento em que o policial se aproximou da porta, o suspeito estava em luta corporal com o juiz.

 

Em outro momento, o vídeo mostra o promotor Eduardo Zaque saindo correndo da sala como se tivesse sido arremessado por alguém, em seguida a arma do policial trava e ele pega a arma da mulher.

 

As imagens gravadas do corredor mostram o momento que o magistrado sai do gabinete com a mão no peito e fala que foi atingido. O policial efetua outro disparo em direção a sala e todos deixam o local. 

 

O juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva foi encaminhado ao hospital de Palmas/TO (à 480 km de distância), o mais próximo de Vila Rica, onde passou por cirurgia. De acordo com a nota enviada hoje de manhã (2), pela assessoria do Tribunal de Justiça (TJMT), o projétil não foi retirado por enquanto, o magistrado passa bem e volta amanhã para a comarca. Ele deve retomar os trabalhos na quinta (4).

 

Veja vídeo

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei