Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 08h:54

Tamanho do texto A - A+

Eder diz que delação de Riva é "forjada, sem-vergonha e sem sentido"

Por: PAULO COELHO

divulgacao

eder moraes dias

Éder é ex-secretário de Estado

O ex-secretário de Estado, Éder Moraes, disse nesta sexta-feira (11) que não acredita na veracidade do documento que seria o esboço de uma delação premiada do ex-deputado José Riva, e que compromete o ex-governador Blairo Maggi (PP).

No documento, é atribuído a Riva declarações de crime de corrupção passiva, que teria sido praticada pelo juiz de direito Roberto Seror. Segundo ele, houve pagamento de propina “levado a cabo por Eder Mores e Blairo Maggi”. Isso porque, à época, Riva teria sido procurado por Carlinhos Vasconcelos, solicitando ajuda para receber de Eder Moraes um crédito referente a um acerto feito entre o juiz Roberto Seror.

A suposta delação que o HNT/HiperNotícias teve acesso apresenta diversas omissões de valores e nomes, como por exemplo: "(...) valor esse resultante da liberação de R$ XXXXX (XXXXXX) bloqueados pelo XXXXX de uma XXXXXX, cujo acerto da propina deveria girar em torno de XXXX% (XXX por cento) desse valor".

“Não posso me posicionar diante de um documento fake, que não é reconhecido nem pelo Ministério Público, nem pela Procuradoria Geral, e nem pela Justiça. Não é reconhecido por ninguém. Posicionamento judicial se faz dentro do processo e não em cima de especulação, pois é isso que é pra mim: pura especulação, delação fake".

É cada um dentro de sua conjuntura jurídica, tentando se salvar da forma que melhor lhe convém. Quem faz delação tem que apresentar provas. Se apresentar provas contundentes e cabais, a gente vai se defender. Mas se for 'mimimi', não vou perder tempo com isso não”, disparou Eder.

Ele acredita que “essa delação é tão forjada, sem-vergonha e sem sentido, que parece que alguém está indicando para o delator o que que ele tem que fazer, deixando os espaços com xis, xis, xis [XXX] para poder ser completado, parece prova do primário, prova ginasasial, que você mandou pro aluno terminar de completar”.

Éder, que ainda é citado em várias outras partes do documento, salientou também que, na hipótese de se tratar realmente de uma delação de José Riva, seria “o maior escândalo de forjação que eu já vi”. “Parece que ele está conversando com o MP e o MP está orientando como deve ser preenchido o documento.

"Isso é um escândalo, um escárnio, isso sim é uma coisa assombrosa. Esse xis, xis, xis aí, respondem tudo. Essa é a delação do xis, xis, xis”, ironizou, enfatizando que não se manifestará pontualmente sobre algo que não “existe no mundo jurídico”.

“E depois, esse documento já começou morto. Se isso aí for verdadeiro, não pode estar aí, porque tem pessoas citadas aí, que tem foro privilegiado, ou seja teria que estar sendo conduzido pelo Supremo Tribunal Federal”.

Quanto ao documento, nessa semana o ex-deputado José Riva veio a publico se manifestar, negando a autoria.

A reportagem do HNT/HiperNotíicias tentou contato telefônico com ex-governador Blairo Maggi e via mensagens, mas não foi atendida. Também não conseguimos retorno na tentativa de contato com o juiz Roberto Seror, José Riva também não atendeu aos telefonemas.

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei - 1



2 Comentários

Thiago - 13/10/2019

Obviamente o Sr. Éder Moraes tem uma moral ilibada , um cara íntegro, honesto e que só pensa no bem do estado.... só que não..Kkkk, Sem vergonha, mal caráter.

Auditor TCU - 11/10/2019

O ÉDER MORAES ESTÁ COBERTO DE RAZÃO E O MP ESTÁ NUMA SAIA JUSTA POIS CONDUZIRAM ERRADO. USURPARAM COMPETÊNCIA , TORNARAM NULAS QUALQUER PROVA E FORAM CONIVENTES COM O MAL FEITO ... ISSO QUE DÁ JUNTAR COM OS RIVAS. É SÓ FERRO !!! ALIÁS ESTE MP ESTA DEVENDO EXPLICAÇÕES A SOCIEDADE !

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA