Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 15h:29

Tamanho do texto A - A+

Operação integrada na fronteira cumpre 24 buscas em Cáceres

Por: REDAÇÃO

Reprodução

fronteria caceres


Vinte e quatro mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos, na manhã desta quarta-feira (24.07), na região de fronteira de Mato Grosso com a Bolívia, em ações integradas deflagradas pela Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Sistema Penitenciário.

Na ação, duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas e apreendidos R$ 5,7 mil em dinheiro, porções de entorpecentes, balança de precisão, munições, aparelhos celulares, aparelho CPU, bicicleta, caixa de som, entre outros objetos de origens ilícitas.

As operações “Fronteira Integrada II” e “Vigia” foram realizadas para cumprimento das ordens decretadas pela Terceira Vara Criminal da Comarca de Cáceres, tendo como alvos endereços no município de Cáceres (225 km a Oeste).

As buscas ocorreram em bairros periféricos da cidade, pontos com maior índice de violência, com objetivo de reprimir e coibir crimes relacionados ao tráfico de drogas, homicídio, roubo e furto.

A delegada Cínthia Gomes da Rocha Cupido, titular da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), disse que além dos cumprimentos das ordens judiciais, também foram realizadas ações preventivas e repressivas, buscando o enfrentamento qualificado contra a criminalidade, proporcionando, assim, maior sensação de segurança à população de Cáceres.

A delegada agradeceu a presença e participação das Instituições, e ressaltou a importância do trabalho integrado entre Estado e União, no fortalecimento das ações de combate contra o crime organizado.

Ao todo foram 96 servidores, 21 viaturas (entre automóveis e motocicletas), além do apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas de Segurança Pública (Ciopaer) e dos cães farejadores do canil do Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

Participaram das operações equipes da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Delegacia Regional de Cáceres, da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Delegacia Especializada do Adolescente, do Sistema Penitenciário, da Polícia Militar,da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal, do Grupo Especial de Fronteira e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto