Terça-Feira, 15 de Janeiro de 2019, 10h:52

Tamanho do texto A - A+

Ex-secretário de Comunicação sofre infarto na Assembleia e morre no Hospital

Por: JESSICA BACHEGA/LEONARDO HEITOR

O publicitário e ex-secretario de Comunicação de Cuiabá, Clenon Alves, morreu na manhã desta terça-feira (15). Ele sofreu um mal súbito, enquanto deixava a Assembleia Legislativa (ALMT) e foi socorrido, mas faleceu ao chegar ao Hospital São Matheus.

 

Marcos Lopes/HiperNotícias

Clenon Alves Borges SECOM-Cuiabá

 

Conforme informações, Alves estava na Casa de Leis quando decidiu ir embora. Minutos depois, ele foi encontrado passando mal em seu carro. Ele recebeu os primeiros socorros do médico pediatra e ex-presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Arlan de Azevedo Ferreira.

 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) o encaminhou para atendimento médico no Pronto Socorro e transferido para o São Matheus, mas o ex-secretário não resistiu e faleceu logo após chegar á unidade de saúde.

 

Clenon Alves Borges, foi secretário de Comunicação Social de Cuiabá da gestão Mauro Mendes à frente da Prefeitura, de janeiro a junho de 2013. Atualmente ele atuava na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, no gabinete do deputado estadual e presidente da Casa, Eduardo Botelho.

 

Formado em Arquitetura pela Universidade Católica de Goiás e em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Brasília (UNB), Clenon Alves atuou como diretor de comunicação de empresas do ramo de concreto, engenharia e saneamento.

 

Nascido em Trindade, em Goiás, Clenon Alves tinha 63 anos e também já trabalhou em cargos similares em universidades e concessionárias de Cuiabá e Várzea Grande. O ex-secretário também já foi dono de uma agência, na capital.

 

Em nota, a ALMT lamentou a morte do servidor. Leia na íntegra

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em nome do presidente deputado Eduardo Botelho (DEM), manifesta profundo pesar pela morte do servidor Clenon Alves Borges. Publicitário e arquiteto, Clenon está na Assembleia desde 2015, quando foi contratado para trabalhar na assessoria de gabinete.

Atualmente Clenon Borges ocupava o cargo de superintendente da Rádio Assembleia e estava envolvido no projeto de modernização e ampliação do sinal da rádio.

Natural de Goiás, Clenon fez carreira no mercado publicitário mato-grossense. Ele chegou a Cuiabá para trabalhar pela agência publicitária Cannes, de Goiânia, depois foi sócio da agência Z8 na década de 1990 e atuou no marketing de empresas da iniciativa privada. Clenon também foi secretário municipal de Comunicação, durante a gestão de Mauro Mendes, de Cuiabá.

Na manhã desta terça-feira (15), Clenon passou mal quando deixava a Assembleia e foi encontrado desacordado dentro do veículo, no estacionamento. Os primeiros socorros foram prestados ao servidor, mas ele não resistiu e faleceu.

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, lamentou a morte do servidor e amigo Clenon. “É com muito pesar que recebo a notícia do falecimento do nosso querido amigo Clenon Borges. Ele deixa grande lacuna na comunicação e no dia a dia dos trabalhos, que ele tão bem realizou na Assembleia Legislativa. Era uma excelente pessoa, profissional e amigo. Que Deus o receba com toda glória e conforte os familiares nesse momento de imensa tristeza”,  descreveu Botelho.

 

Clenon Alves Borges tinha 65 anos, era casado, deixa esposa e um casal de filhos. Informações sobre velório e sepultamento em breve.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei