Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 10h:35

Tamanho do texto A - A+

Servidor é investigado por sumir com 4 carros da Assembleia Legislativa

Por: FELIPE LEONEL

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa determinou a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para investigar a conduta de um servidor que teria dado “sumiço” em quatro veículos do Parlamento Estadual. O fato teria sido revelado aos representantes da Casa de Leis por meio de memorando em 2015.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

assembleia legislativa/RGA

 

A portaria de abertura do PAD foi publicada nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial Eletrônico da AL, assinado pelo presidente da Casa, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) e pelo primeiro secretário, deputado Guilherme Maluf (PSDB). O PAD teria sido instalado de fato, entretanto, em novembro de 2017.

 

O memorando dava ciência da não localização de quatro carros do Legislativo. Eles estavam sob a responsabilidade do servidor D.E., que não conseguiu explicar o destino dos veículos. Ele teria alegado que os veículos estariam sob o domínio de servidores de outros municípios, mas não conseguiu dar mais detalhes.

 

O processo administrativo que investiga o servidor é composto pelo presidente, o Procurador Corregedor-Geral da Assembleia, Luiz Vidal da Fonseca Júnior; o servidor Bruno Willames Cardoso Leite e o procurador Ricardo Riva, como secretário. Eles terão prazo de 60 dias, prorrogáveis por mais 60, para concluir o processo.

 

A Mesa Diretora também determinou o encaminhamento do caso para o Ministério Público Estadual (MPE) para apurar se o servidor cometeu crime de improbidade administrativa. O fato também foi encaminhado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ao Conselho de Contas.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei