Quarta-Feira, 25 de Julho de 2018, 14h:55

Tamanho do texto A - A+

Pesquisa aponta que 82% dos eleitores estão indecisos sobre quem escolher para governador

Por: DANNA BELLE

Pesquisa divulgada nesse quarta-feira (25) continua mostrando um cenário de grande indecisão entre os eleitores para o pleito deste ano. Quem não sabe ainda em qual candidato votar corresponde a parcela de 82,5% dos entrevistados. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques

 Esta é a segunda pesquisa divulgada em julho, em ambas Pedro Taques (PSDB) lidera a rejeição dos eleitores

Em levantamento espontâneo, Mauro Mendes (DEM) fica como escolhido para ser o futuro governador de Mato Grosso com 10,1% da intenção de votos. Logo em seguida vem Pedro Taques (PSDB) com 5,9%. A professora Edna Sampaio (PT) somou 0,6% do público entrevistado. Os outros candidatos aparecem empatados com 0,3%, sendo eles o ex-senador Jaime Campos (DEM), o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado federal Wilson Santos (PSDB). Nenhum, branco ou nulo representa uma fatia de 26,9%; não soube ou não quis responder somam 55,6%, totalizando um percentual de indecisão 82,5%.

 

O atual governador segue na liderança em rejeição com 22,4%, Wellington Fagundes aparece em segundo com 12,7%, de recusa dos eleitores, depois está procurador Mauro com 10,8% e em último Mauro Mendes com 4,6%. Os que votaram não sabiam responder, branco ou nulo somam 12,1%, o porcentual de pessoas que não responderam ou não quiseram responder é de 37,4%.

 

Em uma situação com apenas três candidatos, os considerados mais fortes até o momento,  o desprezo por Pedro Taques aumenta para 18,7%, há crescimento na desaprovação do Wellington Fagundes para 14,9%, Mauro Mendes fica com 5,1%. Os entrevistados que não escolheram nenhum, branco ou nulo somam 16,7% e não responderam ou não quiseram responder totaliza 44,5% dos entrevistados.

 

Na opção estimulada com quatro nomes para serem escolhidos, os resultados são os seguintes: Mauro Mendes 39,2%; Pedro Taques 16,6%; Procurador Mauro 10,1% (PSOL); Wellington Fagundes 4,1%; nenhum dos candidatos, branco ou nulo 12,6%; não respondeu ou não sabe quem escolher 17,4%.

 

Em um cenário sem a presença do procurador Mauro, a ordem dos candidatos permanece a mesma com pequena variação na porcentagem de intenção de votos. Mauro Mendes fica com 40,4%, Pedro Taques com 17,7% e Wellington Fagundes com 5,5%, quem não escolheu nenhum dos candidatos, branco ou nulo somam 14,9% e não respondeu ou não sabe quem escolher com 21,5%.

 

A pesquisa realizada pelo Mark Instituto de Pesquisa de Opinião Pública está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MT-05174/2018. Conforme o documento, os dados foram coletados entre os dias 18 e 22 de julho, por meio da metodologia de pesquisa quantitativa utilizando a técnica Survey. Foram ouvidas 604 pessoas em 87 bairros da capital e a margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




1 Comentários

Carlos Nunes - 25/07/2018

Ih! Eu também tô indeciso pra burro...não decidi realmente em quem cravar o voto até hoje. Eleição é igual Casamento, quando o padre diz: se alguém sabe de alguma coisa que impeça esse casamento, que fale agora ou se cale pra sempre. Comparativamente: se alguém sabe de alguma coisa sobre algum candidato, que fale antes da eleição, senão a gente sem saber, crava o voto, e depois ninguém tira ele mais do cargo. Como não tenho nenhum partido, vou garimpar entre todos os partidos pra selecionar os mais honestos, mais competentes, mais patriotas. Sou 100% contra a reeleição de quem quer que seja.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA