Segunda-Feira, 09 de Julho de 2018, 16h:51

Tamanho do texto A - A+

Maggi acredita no potencial de todos pré-candidatos e afirma: "Taques não está morto"

Por: ANA FLÁVIA CORRÊA

O ex-governador de Mato Grosso e atual ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) afirmou, nesta segunda (9), que os governantes que estão atualmente em gestão têm mais chances de se eleger, devido à visibilidade. Com isto, segundo ele, a renovação política não será significativa.  

 

Antonio Araújo/Mapa

Blairo Maggi

 O ministro da Agricultura Blairo Maggi

“A reeleição daqueles que já estão no cargo, que têm visibilidade, que têm trabalho prestado durante 4 anos, oito anos de mandato, isso ajuda bastante. Aqueles que estão no mandato têm uma chance maior do que aqueles que estão chegando agora”, afirmou.

 

Um dos candidatos beneficiados seria o governador Pedro Taques, que “não está morto”, na opinião do ministro. “O governador tem sua posição, com toda a máquina, estrutura de governo e pelo que ele vez nesse período também, ele é muito competitivo.”

 

Com relação aos outros pré-candidatos ao governo, Maggi avaliou que Mauro Mendes (DEM) é um candidato em potencial que será um bom gestor caso eleito. Sobre Welington Fagundes (PR), o ministro considera que ele seja um candidato com articulação muito grande. 

 

“Eu vi uma pesquisa essa semana e praticamente tá tudo meio igual. A campanha está começando agora e isso só demonstra a força política dos três. Eu não vou ficar falando para vocês quem tem meu apoio. Eu acho que todos os candidatos colocados têm condição de representar o Estado de Mato Grosso”, disse. 

 

“É por óbvio que se o Sachetti for candidato ele terá o meu apoio, ele terá a minha amizade e o meu voto. Nós somos amigos de infância”, disparou sobre a candidatura do deputado federal Adilton Sachetti, do PRB. 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei