Segunda-Feira, 14 de Maio de 2018, 14h:10

Tamanho do texto A - A+

"Faço gosto que o MP investigue”, diz Taques

Por: FELIPE LEONEL

O governador Pedro Taques (PSDB) disse apoiar investigações do Ministério Público Federal (MPF) sobre a veiculação de uma propaganda institucional em nível nacional de uma televisão. De acordo com Taques, o fato de o MPF ter aberto uma investigação, não significa que já houve um desfecho da história. Para Taques, o processo judicial é um instrumento de “dignidade”.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques/balaço da caravana em cuiaba

 

“Isso não significa que eu tenha cometido absolutamente nada de errado. Eu faço gosto que o Ministério Público investigue, tem que investigar isso para ver se tem alguma coisa errada. Se tiver, vai ser consertada com total tranquilidade”, afirmou Taques, durante coletiva de imprensa, realizada na manhã desta segunda-feira (14), no Palácio Paiaguás.

 

Ainda segundo o Chefe do Estado, é bom o Ministério Público realizar a ação preventiva e não apenas ter a porta do cofre “arrombado”, como ocorreu na gestão anterior, quando um grupo criminoso desviou mais de R$ 1 bilhão do Estado, de acordo com auditorias da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

 

O procedimento preparatório aberto pelo MPF foi motivado por uma denúncia da deputada Janaina Riva (MDB) à Procuradoria-Regional Eleitoral. A portaria foi assinada pela procuradora-regional Cristina Nascimento de Melo, no dia 19 de abril. De acordo com o Governo do Estado, as propagandas obedecerem aos princípios constitucionais.

 

“Graças a Deus, nós temos o Ministério Público para fiscalizar e ver se tem alguma coisa errada. Mas precisamos perder a ideia de que quando o MP abre alguma coisa já existe condenação. O Ministério Público Federal é uma instituição respeitável, aliás, eu fiz parte do MPF por 15 anos da minha vida”, concluiu Pedro Taques.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto