Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h:23

Tamanho do texto A - A+

"Estamos de saco cheio de candidatos miss simpatia"

Por: FELIPE LEONEL

O governador Pedro Taques (PSDB), participou pela primeira vez no ano, de um ato político, na manhã desta terça-feira (13), durante o evento de filiação ao Solidariedade, partido do aliado e deputado estadual Dr. Leonardo Albuquerque, ex-PSD. A solenidade ocorreu no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. Na oportunidade, também se filiou a sigla o secretário estadual de Cultura, Kleber Lima. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques

 

Fazendo menção aos prefeitos de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD) e de Cáceres, Francis Maris (PSDB), Taques disparou contra os críticos de WhatsApp e os "palpitadores-gerais da República". "Francis tem cara feia, não é miss simpatia. Nós estamos de saco cheio de candidatos miss simpatias, que ficam com risadinha", afirmou Taques, durante o pronunciamento. 

 

"Não adianta o cidadão ficar só como revoltado em grupos de WhatsApp, revoltado de boteco na sexta-feira. Esses são os palpitadores-gerais da República. Nós precisamos é de militância", complementou. 

 

Para o governador Pedro Taques, os opositores "podem criticar a vontade", pois de nada adianta. Segundo ele, somente "Deus e o povo de Mato Grosso tira a administração [do Estado] do grupo  político". O governador também elogiou a condução do Solidariedade pelo prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio. Para Taques, o SD é um dos partidos em maior ascensão no Estado.  

 

"Do lado desse povo é que nós devemos estar", garantiu Taques, após perguntar para os presentes se naquele meio havia lideres comunitários, motoboys, dentre outras profissões pouco mais marginalizadas. "É uma honra estar aqui e apoiar o Zé Carlos do Pátio. Falam que ele é parecido comigo, dizem que é louco e cara feia. Mas eu nunca ouvi falar que o Zé Carlos do Pátio é corrupto", completou. 

 

Ainda de acordo com Pedro Taques, Pátio foi a primeira pessoa a convidar ele para concorrer uma vaga ao Senado da República. Ele também rasgou elogios para o deputado Dr. Leonardo. O deputado foi eleito com 27 mil votos em Cáceres, quantidade maior de votos recebidas pelo governador naquela cidade fronteiriça. 

 

"Aqui tem dois amigos militantes se filiando ao Solidariedade. O Leonardo teve 27 mil votos e eu cumprimento os amigos de Cáceres. Lá eu tive 25 mil votos. Ele foi mais votado em Cáceres do que o candidato ao Governo. Graças ao trabalho deste médico", afirmou o governador.

 

"O Kleber, militante estudantil, militou no PCdoB por 33 anos. Eu digo que ele é um  ex-comunista, mas vai trazer muita ajuda ao SD na sua área de atuação. Jornalista competente, articulista respeitado no Estado. Está fazendo um trabalho a pouco tempo na Cultura e já é notável", elogiou o chefe de Estado. 

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 3

Leia mais sobre este assunto