Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 14h:25

Tamanho do texto A - A+

Mandante e executor de personal chegam em Cuiabá na sexta

Por: LUIS VINICIUS

Principais envolvidos no assassinato do personal trainer Danilo Campos do Nascimento, de 28 anos, o empresário Guilherme Dias de Miranda, de 34 anos e o seu comparsa, Walisson Magno de Almeida, de 27, chegarão em Cuiabá na sexta-feira (16). A informação foi confirmada pela delegada Juliana Chiquito Palhares ao HiperNotícias, nesta quarta-feira (14).

 

guilherme dp.jpg

 Guilheme e Wallison estão detidos no 77º Distrito Policial (DP), em Santa Cecília, região Central de São Paulo (SP). 

O recambiamento da dupla será conduzido pela própria policial que é a responsável pelas investigações do caso, em substituição a delegada Alana Cardoso que está de férias. Palhares já está na capital paulista acompanhada de três investigadores e um escrivão, todos da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá. A previsão é que Guilherme e Wallison cheguem a capital mato-grossense no período noturno. 

 

O mandante e o executor do crime que chocou a população cuiabana estão detidos no 77º Distrito Policial (DP), em Santa Cecília, região Central de São Paulo (SP). Eles estavam foragido desde novembro de 2017, após a delegada Alana Cardoso solicitar o pedido de prisão preventiva para a dupla.

 

Eles foram presos na manhã de sexta-feira (9), na cidade de São Paulo (SP), em uma ação conjunta da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital paulista. As prisões aconteceram em um condomínio na Zona Sul. Guilherme teria encomendado a morte do personal por ciúmes da mulher, Ane Lise Hovorusk, que também foi presa, no dia 24 de fevereiro em Fox do Iguaçu, no Paraná. Ela também é suspeita de participar da execução.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

delegada juliana chiquito palhares/DHPP

Delegada Juliana Palhares, está em São Paulo para fazer o recambiamento dos presos

Passagens compradas

 

De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, Guilherme e Walisson pretendiam fugir para a cidade de Miami, no Estado da Flórida, nos Estados Unidos. Além das passagens aéreas, os agentes paulistas encontraram documentos pessoais que a dupla usava para aplicar golpe. Wallison, por exemplo foi encontrado usando o Registro Geral (RG) do seu tio.

 

A investigação

 

O homicídio chamou atenção da população cuiabana por ter motivações passionais. Guilherme é professor de Capoeira e contratou dois homens para executar Danilo assim que ele saísse da academia onde trabalhava, no bairro Jardim Cuiabá. O suspeito teria ficado com ciúmes após ficar sabendo de uma suposta relação amorosa entre Danilo e a sua esposa e, por isso, encomendou a morte do personal.

 

Por ser o único suspeito, teve o mandado de prisão temporária (30 dias), decretado pela 12ª Vara Criminal de Cuiabá. A delegada que coordena as investigações, Alana Cardoso, chegou a ir até a casa do empresário, localizada no Condomínio Rubi, na Rodovia Mario Andrezza, em Várzea Grande, mas não consegui localizá-lo.

 

O crime

 

No dia 8 de novembro de 2017, Danilo saiu da academia onde malhava e após andar por 200 metros no seu Honda Civic, foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta. No momento em que a vítima desceu do carro, o homem que estava na garupa, sacou um revólver e atirou cinco vezes.

Leia mais sobre este assunto