Quinta-Feira, 14 de Junho de 2018, 09h:04

Tamanho do texto A - A+

Estudante da UFMT passa mal ao beber água de bebedouro

Por: LUIS VINICIUS

Um estudante universitário, que não teve o nome revelado, passou mal após tomar água supostamente contaminada do bebedouro do Restaurante Universitário (R.U.), nessa quarta-feira (13), na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. Após a denúncia dos alunos, a coordenadoria da unidade de ensino interditou o local de refeições.

 

Reprodução

bebedor ufmt

 

Conforme informações dos estudantes, o fato aconteceu no fim da tarde, quando um universitário tomou água do bebedouro. O aluno começou a sentir fortes dores estomacais e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atender a vítima.

 

A suspeita é de que a água estava contaminada com algum tipo de solvente. O universitário foi encaminhado a uma unidade de saúde, que não foi divulgada, recebeu medicação e não corre risco de morte. 

 

Logo após o fato, diversos vídeos foram compartilhados em redes sociais mostrando a água contaminada derretendo copos descartáveis que estavam no bebedouro. Outros alunos relataram “um forte cheiro”, oriundo do liquido que saía bebedouro. 

 

A reportagem entrou em contato com a administração da UFMT, mas as ligações não foram atendidas.

 

 

O HiperNotícias entrou em contato com a empresa Novo Sabor Refeições Coletivas, responsável pela alimentação do local, mas as ligações também não foram atendidas.

 

 

Veja os vídeos 

 

 

 

 

 

Por meio de nota, a UFMT informou que as refeições estão suspensas até que o bebedor passe por uma perícia da Perícia Oficial Técnica e Identidificação. 

 

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) informa que devido ao ocorrido no final da tarde desta quarta-feira (13) no Restaurante Universitário do Câmpus de Cuiabá acionou a empresa responsável pela prestação do serviço, solicitando a imediata interdição do local e a retomada do reestabelecimento de suas atividades após o bebedouro, cuja água que possivelmente apresentou sinais de alteração, ser analisada em solicitação encaminhada à  Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

 

O estudante passou mal no Restaurante Universitário, após supostamente ingerir água do bebedouro com sinais de alteração e manifestou fortes dores de estômago, sendo atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), na janta de ontem à noite (13/06) e no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá. 

 

As Pró-Reitoras de Ensino de Pós-Graduação e a de Assistência Estudantil acompanharam o atendimento médico hospitalar do estudante que foi liberado pela equipe médica ainda na noite de quarta-feira, com recomendações de acompanhamento. 

 

Todos os acontecimentos foram acompanhados pela nutricionista da UFMT. Além disso, o serviço prestado pela empresa é acompanhado por profissionais da área.

 

O Restaurante Universitário do Câmpus de Cuiabá foi interditado para averiguação, com a imediata suspensão do jantar de quarta-feira (13/06) e dos serviços de hoje (14/06). A retomada do funcionamento só será realizada após perícia técnica.

 

A UFMT acompanha o estudante e reitera também que está à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos que forem de sua responsabilidade e que se fizerem necessários.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto