Domingo, 13 de Maio de 2018, 10h:21

Tamanho do texto A - A+

Belo gesto

A família do catador de latinhas Ângelo Pedroso de Lima, de 49 anos, atropelado e morto  no último dia (05), doou as córneas da vítima, que foram transplantadas para um mato-grossense, que aguardava por um doador. O nome do beneficiado não foi revelado.

Ângelo Pedroso de Lima morreu após ficar três dias internado em estado grave no Pronto-Socorro de Cuiabá. Ele teve politraumatismo devido á gravidade do atropelamento. Após a morte, a unidade de saúde comunicou a família que as córneas estavam em bom estado para doação e a família concordou. A informação é da jornalista Camila Paulino do site Repórter MT. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei