Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 14h:54

Tamanho do texto A - A+

TJ concede HC a cabo da PM Gerson Correa preso por esquema dos grampos

Por: MAX AGUIAR

A Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso acaba de conceder habeas corpus ao cabo da Polícia Militar, Gerson Correa, acusado de ser o um dos operadores do esquema dos grampos, em Mato Grosso.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

cabo gerson

Cabo Gerson Correa ao lado de seus advogados

Com a decisão, ele deixa a carceragem militar que estava preso desde maio de 2017. O habeas corpus foi impetrado pela defesa do cabo, patrocinada pelos advogados Neyman Monteiro e Thiago Abreu. 

 

Os votos foram proferidos pelos desembargadores Luiz Ferreira da Silva, Gilberto Giraldeli e Juvenal Pereira da Silva. Todos votaram pela soltura do militar. 

 

Gérson será submetido a medidas cautelares. Entre elas, está o uso de tornozeleira eletrônica, recolhimento domiciliar noturno e aos finais de semana e a proibição de contato com os demais acusados e testemunhas. Ele também está proibido a frequentar repartições públicas - principalmente o comando da Polícia Militar - e aida deve comparecer mensalmente ao juízo para comprovar suas atividades.

 

Em seu voto, o relator, desembargador Luiz Ferreira, destacou que a situação processual do cabo é "semelhante ou até inferior" que a dos demais réus. "Por mais cabuloso que seja, não iria levar medo para os coroneis ou a quem quer que fosse".

 

Apesar da soltura do cabo, o caso da grampolândia continua sendo julgado na Justiça Militar. Na sexta-feira (16), estão cotados para serem ouvidos os delegados Fernando Vasco e Alana Cardoso. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 2