Sábado, 04 de Janeiro de 2014, 11h:45

Tamanho do texto A - A+

Fazendeiro reage a assalto e mata bandido em Poconé

Dois tiros atingiram a cabeça do suspeito que morreu no local. Os outros comparsas fugiram após os disparos

Por: ELIANA BESS






Um rapaz ainda não identificado foi morto com tiros de espingarda calibre 12 na cabeça, ao invadir uma fazenda próxima a Poconé. O autor dos disparos foi o proprietário da fazenda, ao que tudo indica, em legítima defesa.

De acordo com informações do sargento Marcio França da  6ª Companhia de Policia Militar de Poconé, os bandidos tentaram quebrar a porta e o morador efetuou os disparos de espingarda.

Dois tiros atingiram a cabeça do suspeito que morreu no local.
Conforme o sargento, o rapaz não foi identificado porque não portava nenhum documento. Já os outros comparsas fugiram após os disparos.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).
Já a espingarda calibre 12 e uma munição intacta foram apreendidas pela PM.

Gabriel Soares / Hipernotícias

Três crimes foram registrados no município de Poconé entre a sexta-feira (3) e sábado (4)


Ainda em Poconé, Emanoel Douglas Proença de Arruda, 21, conhecido como ‘Jucão’, foi preso pela Policia Judiciária Civil, na manhã de sexta-feira (3).

Ele é acusado de participação em um assalto a uma fazenda em fevereiro do ano passado. Na época, quatro assaltantes chegaram em duas motocicletas e invadiram uma fazenda na zona rural do município.  Eles renderam o caseiro e roubaram armas de fogo, objetos e dinheiro.

Em depoimento, ele confessou a sua participação no crime e foi encaminhado para a Cadeia Pública de Poconé.

Também foi preso no município, um suspeito de participar de sequestro-relâmpado. Identificado como Everton Ney Sales Silva, 18, vulgo ‘Pé de Pato’, o rapaz foi detido na própria residência.

O crime aconteceu na madrugada quando um empresário foi rendido e levado, sendo obrigado a entregar dinheiro, celular e uma caminhonete. Na fuga, os bandidos bateram o veículo.

A PM foram acionada e conseguiu apreender um menor de 17 anos, comparsa de Everton. Após seu depoimento, os policiais saíram em busca dos demais que participaram do crime e localizaram Everton Ney. Ele foi encaminhado para a cadeia pública da cidade e a polícia continua as investigações para localizar e prender o terceiro integrante do bando.

Credito: Marcos Lopes/HiperNotícias
Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto