Quinta-Feira, 03 de Janeiro de 2019, 14h:06

Tamanho do texto A - A+

Vereadores são acompanhados por equipe da prefeitura em visita guiada por hospital

Por: WILLIAN BELTER

Após serem barrados em tentativas de vistoria ao novo Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, na terça-feira (2),  os vereadores Abilio Júnior (PSC), Felipe Welatton (PV), Dilemário Alencar (Pros), Diego Guimarães (PP) e Marcelo Bussiki (PSB) visitaram a unidade, na manhã desta quinta-feira (3). No entanto, os parlamentares foram guiados por uma equipe técnica da prefeitura, pelo engenheiro responsável pela obra e por membros do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/ MT) e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Mato Grosso (CREA/MT).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

HMC

 Visita ao Hospital Municipal

A pedido do presidente da câmara, Misael Galvão, o secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas, autorizou a entrada dos vereadores e da imprensa no hospital.

 

“Eu oficializei para a prefeitura para que todos os 25 vereadores tivessem a oportunidade de vistoriar, fiscalizar, conversar com os técnicos da obra para que a gente pudesse sair daqui com a informação real. Embora a gente tenha a garantia do secretário, todo encaminhamento e documento, a gente queria ver in loco a realidade, até para que a sociedade tenha a verdadeira informação”, comentou Misael.

 

Conforme o presidente do Crea, Joaquim Paiva de Paula, o órgão foi convidado apenas para acompanhar a visita e não para fiscalizar ou vistoriar a obra.

 

“O Crea fiscaliza o exercício da profissão, aqui todos os engenheiros apresentaram registro, nós temos engenheiro civil, engenheiro eletricista e engenheiro mecânico. No que tange ao exercício da profissão está redondo”, declarou o presidente.

 

 

Conforme dito ao presidente da Câmara, a  obra está 90% concluída e a entrega segue em etapas que respeitam o cronograma.

 

“O que nós vimos aqui com toda a equipe técnica, tanto da prefeitura quanto dos consórcios que também está nos acompanhando, o Crea e o CAU, a gente fica muito tranquilo. Até porque já temos uma parte que pode entrar em funcionamento. A gente se preocupa muito com quem está lá no pronto socorro esperando vir pra cá, a gente teve a garantia do secretário para que não perdesse o recurso de R$ 100 milhões, que realmente é um valor muito importante para nossa cidade. Foi feito um acordo com o Ministério da Saúde e vai cumprir o cronograma que vai entrar uma parte em funcionamento e vai ser entregue a sociedade 100% todos os departamentos funcionando no aniversário de Cuiabá”, concluiu Misael Galvão, que disse que os vereadores irão acompanhar, de perto, a evolução da obra.

Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Credito: Alan Cosme/HiperNoticias
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei