Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 13h:00

Tamanho do texto A - A+

Rejeitado, rapaz chuta flores contra adolescente em escola de VG e vídeo viraliza

Por: JESSICA BACHEGA

O vídeo de um rapaz entregando o buquê de flores para a pretendente, em uma escola, viralizou nas redes sociais. O que seria uma atitude romântica levantou debates sobre a violência doméstica e falta de segurança nas unidades públicas de ensino. Nas imagens, o rapaz chuta as flores contra a jovem, ao ouvir um não como resposta a sua pergunta.

Reprodução

buque de flores vg

 

Publicado essa semana na rede social do digital influencer "Xomano que mora logo alí", a filmagem já foi vista por 34,5 mil pessoas e recebeu 847 comentários.

No vídeo, o rapaz, que aparenta ter cerca de 30 anos, se aproxima da porta da sala de aula e conversa com uma das alunas. Ele carrega um buquê de flores em uma das mãos e uma cesta na outra.

Após alguns segundos de conversa, a jovem, aparentemente alterada, diz “não” ao que o rapaz pergunta. Irritado, ele chuta as rosas contra a jovem. O buque acerta a jovem. Despetaladas, as flores caem ao chão, sob os olhos assustados dos estudantes que assistem a cena.

Nos comentários, os internautas apoiam a atitude da jovem em não aceitar a proposta do homem. “Vejo um cara pedindo para voltar um namoro (que não sabemos porque terminou), mas com a reação dele dá para ter uma ideia que o melhor foi ela não ter aceito mesmo. Não tem nada de romântico isso”, diz uma das mensagens.

“Ainda bem que não aceitou. O cara era maior otário e por esse chute não duvido que ainda iria bater nela logo, logo”, diz um dos seguidores do Xomano. “Que otário, palmas pra essa rainha”, consta em outro comentário.

Além das citações sobre violência contra a mulher, a segurança nas escolas é discutida.

“A pergunta que não quer calar: como esse guri entrou na escola? Depois acontece uma merda e ficam procurando culpados”, diz uma mensagem.

A publicação diz que o fato ocorreu em uma escola de Várzea Grande. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Município, mas não foi atendida.

">