Domingo, 06 de Maio de 2018, 10h:02

Tamanho do texto A - A+

Evento debaterá economia de energia com painéis solares

Por: DÉBORA SIQUEIRA - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

Mobilidade urbana, geração de energia limpa e inovações tecnológicas serão debatidas em seminário sobre energia. Em tempos de aumento na conta de energia elétrica, tanto pessoas físicas quanto jurídicas tem buscado soluções para baratear o custo. A instalação de painéis solares tem sido um caminho. 

PLACAS SOLARES

 

Desde agosto de 2015 quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por meio de resolução, criou o Sistema de Compensação de Energia Elétrica, permitindo que o consumidor instale pequenos geradores (tais como painéis solares fotovoltaicos e microturbinas eólicas, entre outros) em sua unidade consumidora, existiam apenas 12 projetos de micro e minigeração solar em Mato Grosso. 

Mas a partir de fevereiro de 2018, este número saltou para 120 projetos em operação, um aumento de aproximadamente 900%, possível, sobretudo, aos incentivos que esta modalidade de geração vem recebendo, de acordo com a Aneel. 

Mato Grosso também é um dos primeiros no país a isentar o ICMS nesta modalidade de micro e de minigeração de energia, assim, o consumidor passou a ter a possibilidade de gerar a sua própria energia de forma mais barata e sustentável, escapando da tributação de 27% de ICMS sobre energia elétrica. 

“Não é um investimento barato e nem todos farão isso, mas essas formas de energias renováveis são muito importantes. Já tem prédio comercial com painel em cima, a Justiça Federal todo estacionamento é coberto por painéis para gerar energia para eles, aqui atrás da Fiemt, no Conselho Regional de Administração e no Sebrae também utilizados painéis solares. Você compra um sistema e em cinco anos termina de pagar por ele, como a vida útil é de pelo menos 20 anos, os próximos 15 aos a energia é gratuita”, explicou o superintendente do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás de Mato Grosso (Sindenergia), Marcelus Mesquita. 

Os projetos podem variar de R$ 30 mil para 13 placas solares em uma residência, algumas empresas chegaram a desembolsar R$ 250 mil, já o Sebrae, por exemplo, investiu R$ 1,2 milhão na instalação de 580 painéis solares em 2016. A economia varia e pode chegar até a 90% no consumo residencial. 

IX Seminário de Energia

O IX Seminário sobre Energia será realizado de 21 a 23 de maio, na sede do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), em Cuiabá. A abertura oficial do evento será no dia 21, às 19h, com a inauguração do primeiro eletroposto de Mato Grosso. Em seguida, haverá a palestra magna do meteorologista Luiz Carlos Molion. Ele falará sobre “Mudanças Climáticas: Fatos, Mitos e Perspectivas”.

O segundo dia do evento começa às 8h, com o credenciamento dos inscritos, seguido da palestra “Os Desafios do Carro Elétrico no Brasil”, com o presidente da Associação Brasileira de Proprietários de Veículos Elétricos Inovadores (Abrave), Edgar Escobar. Às 09h20, o professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Ricardo Ruther, falará sobre energia solar fotovoltaica no contexto de redes inteligentes.

Às 10h30, será a vez do presidente da União Brasileira de Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Donizete Tokarski, falar sobre os fatores econômicos da bioenergia. As atividades da manhã terminam com mesa-redonda que discutirá os temas proferidos nas palestras.

No período da tarde, às 14h, o consultor Edis Milaré vai discorrer sobre a judicialização da gestão ambiental. Às 14h50, o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Luís Torres Baby, abordará questões relacionadas ao licenciamento ambiental. Às 16h, o tema a ser abordado será os efeitos positivos e negativos no meio ambiente com as hidroelétricas, com o consultor ambiental Werner Grau Neto. O encerramento será às 17h com mesa-redonda.

No dia 23, às 08h, serão realizados mini cursos com os temas: “Introdução aos Veículos Elétricos e Híbridos” e “Gestão dos Ativos no Setor Elétrico”. No período da tarde haverá visita técnica dos participantes do evento ao Parque Fotovoltaico Sucuri.

Para participar do seminário é necessário se inscrever com antecedência. As inscrições podem ser feitas pelo site: www.sindenergia.com.br/seminario, onde está disponível toda a programação do evento e mini currículo dos palestrantes. O IX Seminário de Energia é uma realização do Sindenergia, em parceria com o Sistema Fiemt.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei